quinta-feira, 24 de abril de 2008

Vitima.


Ai que pressão. Ai que tormenta. Ai de mim.
Durante a minha vida toda estive habituada ao papel de vilã mexicana, a vilã terrível e sacana que tirava corações e esmigalhava-os contra as paredes desta cidade cinzenta. Durante toda a minha vida...
Agora estava jogando banco imobiliário com ele e... a banca virou o jogo. Enchi-me de dividas com o banqueiro, vendi todas as casas que eu costumava alugar... Fali! Fiquei chocada por ele me vencer em um jogo, fiquei surpresa por alguém ter me vencido de forma tão descarada (em dia claro!).
Perdi. Mas quem sabe isso não seja um bom sinal? Como dizia a minha avó: “sorte no jogo... no amor”

Ele sempre acaba me vencendo... mais cedo ou mais tarde tudo acaba da jeitinho que ele deseja. E isso não deixa de ser frustrante para mim, sempre tão ativa e ávida pela vida... encaixada direitinho em um joguete qualquer. Isso não pode ser justo.
Isso não quer dizer que eu não gosto dele, bem o contrário, gosto muito. Mas a sensação de injustiça não deixa o meu peito nem com reza brava, nem com mandinga... Ele foi injusto comigo, este é o fato.

Agora fica todo mundo colocando pressão na minha cachola, para que eu decida de uma vez por todas o que irei fazer, o que afinal de contas quero para minha vida...
“caso... ou compro uma bicicleta?”
-Compro uma bicicleta e fujo para cuba! Sempre achei comunismo muito atraente.
“Tudo passa... até o amor”

Como já não possuo mais opções para decidir o que farei, usarei o bom e velho “Brainstorm” para me ajudar um pouquinho. Talvez chova alguma solução por aqui, alguma luz.
-Papai do céu! Não se esquece que continuo aqui em baixo! Continuo precisando de uma ajudinha de vez em quando!

Eu vivo a vida toda em cada segundo deixo a sorte chegar
A sua paz é um lugar seguro
Para ver o tempo passar
Sem você mergulharia bem mais fundo
Sonharia sem freios
Mas ao seu lado sou mais bem mais
Sou feliz e é tudo o que eu quero

9 comentários:

duarte disse...

Também considero o comunismo atrante, só não sei como você vai conseguir pedalar sobre as águas...

duarte disse...

Estou ouvindo Supernatural Superserious do REM agora, que maravilha...

Lorita disse...

tudo se ajeita amada, vai com fé!

bjm

Desajustada disse...

pense por um lado bom...
pelo menos você tá dentro do jogo.
rerê! x)~

Bill disse...

Tem dias que é assim mesmo, Toop:
casar ou andar de bicicleta?
E é um terrível dilema!
Bjooooooooooooosssssssssssss!!!!!!

Lana disse...

acho que o "comunismo" de Cuba não é nada atraente..mas!
não te preocupa em tomar nenhuma decisão, flor. É o que falávamos ao fone, vamos apenas viver, essas preocupações só dão rugas!

CROW.IS disse...

Pow...
Ser perfeito da trabalho demais.
A beleza do mundo é saber que ele é imperfeito.
Ah....vou começara a roubar tuas imagens também...é a segunda imagem que rouba de mim (fight club)...eu vi a imagem da menina de toalha...
¬¬

Mary West disse...

Como já falaram aí em cima, sinta-se felizarda em simplesmente sentir! =*

Salve Jorge disse...

Vítima
Ilegítima
Que tenta legitimar
As pernas bambas
As idéias tortas
Coisas que não abortas
Pois de tão absortas
Prossegue com as apostas
No fundo gostas
Em algumas muletas
Se encostas
Faz meias mutretas
Porque há um cabeçudo que parece pesar mais que o seu pesar...

P.s - Faz o que for melhor e não o que for mais fácil...
P.s 2 - E eu que tive que ler tudo que não li, enquanto estive viajando.. vossa excelência vicia hein...