quinta-feira, 24 de julho de 2008

Te ver todo dia já me salvou

Mais uma, daquelas coisas que eu deveria dizer. Mas como todos os outros... Deixo-me sufocar pelo medo:

-É, eu sei que eu tenho feito coisas estranhas por aí, conhecido muita gente, dançado com indivíduos que nem eu mesma conheço e me apaixonado todos os dias por pessoas diferentes.

Não que eu tenha começado a encarar o amor como um sentimento leviano, e cara, não estou. Apenas gosto de me encantar por pessoas todos os dias, ver coisas boas em desconhecidos, conversar com estranhos e pensar sempre o melhor em relação á elas. E isso alegra o meu coração.

Viver momentos alegres. É isso. A única coisa com que eu tenho me preocupado nestes últimos meses. Tenho pensado em momentos bons que vivi com você, nos que ainda vou viver com outras pessoas e claro, sinto falta do que não vivemos por força do destino... Ou não. Creio que tudo foi uma falta de força de vontade nossa. Uma falta de vida, que insistia em empreguinar aqueles outros anos.

E agora, nestes últimos dias... Estes em que vivemos mais próximos. Pude lembrar do seu cheiro que insistia em ficar em mim, das manhãs de domingo te vendo dormir, das noites de sábado te ouvindo rir e todas as outras manhãs/tardes/noites em que quis viver mil anos com você.

“É tão bom vir aqui. É como se pudéssemos viver uma realidade alternativa. Aquela boa e velha realidade, onde tudo aquilo simplesmente não aconteceu”.

E como você responde a esta minha frase? Respondeu dizendo que nem sabe se é uma realidade alternativa, nem nada que fuja as leis de Newton. Mas sim, que aquilo era o que deveria ser a nossa verdade. Aquilo que deveríamos ser juntos, mas que permitimos que o destino se interpusesse nas nossas vidas. E como eu reajo? Simples, faço doce e lhe faço rir com as minhas graças juvenis.

E é tudo isso que vivo. Todos estes pedaços soltos de alegria. Que me fazem ver que ainda não consigo preencher o espaço que você deixou em mim, o espaço que eu fiz questão de desocupar para a nova vida que se seguia. É como tentar fazer um quadro de quebra-cabeças, o desenho ta lá, mas é montado de pedaços. E a minha vida ta lá, toda ela em pedaços.

Sem você, eu sei muito bem o que é alegria. O que é sair com os amigos, amanhecer em outra cidade, dançar até os pés doerem, beber e rir. Mas cara, ser feliz está sendo quase impossível. Quase impossível encontrar o meu rumo, viver sossegada e ter a minha vida preenchida pelos meus sonhos.

E eu sei que eu nunca vou te falar o que escrevo, o que penso e o que eu realmente desejo. E sei que estou pecando por temer quem eu conheço tão bem, mas é algo inevitável, me calar só desta vez.

Sabe... Eu realmente me encantei por você, mais uma vez, e me deixei levar como das outras tantas vezes em que fomos felizes. Mas a realidade não pode ser quebrada tão fácil, os erros eu esqueço, mas o destino... Com certeza continuará a lembrar de nós.

Já que tudo que eu podia eu fiz
meu amor
foi bom tentar
foi por um triz

"Meu amor, já volto já. Seja feliz."

11 comentários:

BetA disse...

Se prender a um momento. Transformá-lo em felicidade. Dar um sorriso vitorioso.Deveria ser um exercício constante. Mas as vezes fica complicado se nem todos os personagens estão ali...

hum, só não perca a graça juvenil!

;)

***

Super Nada disse...

Bom... mais um post que eu não tenho nada a dizer, só a admirar, então...

Abraços...

Krika disse...

Uau! Que desabafo hein! Mas é isso aí, foi quase e se tiver que ser... Vamos em frente que a estrada é longa.

Beijão lindona!;)

Cinthia disse...

que lindo eu humildemente adoreei seu blog..muito perfeito

caah disse...

triisteee =/
nossa maas eeu li e ameei mesmoo

http://imensidadx3.blogspot.com

Janete Andrade disse...

pergunto-me pq insisto em sufocar tantas coisas? e essa coisa de quase, é horrível! eu prefiro q não seja... mas quase, não dá mais pra mim... :/

;*

Nataliinha disse...

Chorei. Unica palavra que posso falar/escrever acerca deste texto brilhantemente escrito ...

Bj TOOP !

Thaís-inha! disse...

Encantos e desencantos.

:/

Cacá BH disse...

nó... achei tudo isso muito lindo... belissima declaração de amor....
se eu fosse vc diria pra ele tudo que vc escreveu por aqui...vai que ele tah pensando o mesmo??? se não estiver, valeu a tentativa... mas tente... tanto sentimento bom assim tem que ser declarado a quem por direito o merece... beijos

Mary West disse...

Achei lindo e creio que devas levar isso adiante. ;)

KaroO... disse...

"...E agora, nestes últimos dias...Pude lembrar do seu cheiro que insistia em ficar em mim, das manhãs de domingo te vendo dormir, das noites de sábado te ouvindo rir e todas as outras manhãs/tardes/noites em que quis viver mil anos com você..." "Quase impossível encontrar o meu rumo, viver sossegada e ter a minha vida preenchida pelos meus sonhos."

poxa...será que lês meus pensamentos???que vc escreve oq eu penso e n sei colocar em palavras.
è engraçado como vezes alguém pode ser o teu encaixe tão perfeito e simplismente, por algum motivo, talvez desamor, talvez uma simples teimosia do destino, se vá... e consiga deixar assim, taum sem rumo...

Comessei a ler tuas postagens e nao consegui parar...
+uma vz...
Obrigada