domingo, 24 de agosto de 2008

Pero hoy entendí que no hay suficiente para los dos


E é isso. Última sexta-feira, e eu me acabando no Moloko, Vodka, Cerveja e tudo o mais que o bar dispunha ao meu alcance. Nem me lembro de muita coisa, e sinceramente nem quero lembrar de nada.
Acordei com fortes dores, sem nem saber onde eu estava. E foi isso. Meu fígado ficou puto comigo e parou de falar com a Toop aqui. Sério, ele ficou furioso com o meu excesso etílico e parou de funcionar.
Passei o dia dormindo, tomando chá, remédio e vomitando. Lá pelo finalzinho do dia, meu fígado ingrato resolveu se mobilizar, e quem sabe, me ajudar um pouquinho. Fizemos as pazes, mas ele me fez prometer que nunca mais beberei exageradamente, nunca mais consumirei moloko e jamé me acabarei na vodka. Prometer... eu até prometi, mas sinceramente não irei cumprir droga de acordo nenhum, quem manda no meu corpo soy YO! Y no me gusta hablar con mi (pluft! voltando...) fígado como se ele fosse dono da minha verdade. A idade está chegando, mas a noção passa longe da minha cabecinha vazia.

*Três da manhã de um sábado:
-Toop?
-alôRRRR
-Ta bêbada?
-ugh! Não... fala.
-Eu queria te pedir desculpa pelo o que rolou na terça-feira.
-ham? Terça? O que aconteceu na terça?
-Eu te...a gente. Eu não sei se o que eu fiz não vai ferrar com a nossa amizade. Eu queria tanto ser um cara mais bacana, mas você sabe que eu também sou humano, que ser fraco faz parte do aprendizado... e que.
[Tooooop? Cade a Toooop! Aí você! Venha cá e beba mais um moloko com os meninos. Eles estão suplicando por uma companhia feminina!]
-Toop. Ta aonde?
-Afogando os problemas, mas eles... os malditos. Têm colete salva-vidas!!!
-Hum...Seus amigos. E o Joel? Ta aí?
-Estava e foi embora... Nem deu tchau o ingrato.
-Hum... Conversou com ele? Ele sabe de n...?
-Não. Ele não tem nada haver com isso... a vida é minha e ele decidiu sair dela sozinho. Não devo satisfações a ninguém.
-E eu?
-Claro, agora você. Mas não necessariamente... Não saia na chuva DG. A minha chuva é de raios.
-Eu não me importo. "la melancolia de morir en este mundo y de vivir sin una razón".
-Você decora frases em español só para se aproximar de mim?
-Estou conseguindo?
-Mais rápido do que imagina. Mas... eu não quero errar mais, não com você.
-Cariño. Você nasceu na espécie errada então. Deveria ter nascido um pato.
-(...) Eu tenho que desligar. Boa Noite.
-Me diz alguma coisa, me diz algo para lembrar até Terça.
-Es un sueño que me espera,Una espera que se sueña

25 comentários:

Amanda disse...

A fluência em espanhol é contagiante. Como você consegue falar em outra língua quando tá meio alta? Eu só consigo sentir sono!!! ^^'
;*

Nataliinha disse...

Meu figado (ainda) fala cmg .
Mas ontem na casa d uma amiga, jogando carta e bebendo cerva, apostamos que quem perdia tomava um gole mega exagerado de 51 !
é, eu tomeii .
Uma vez ...
Uhuul .
Mas meu figado não brigou não .
Maas a cabeça e a bochecha rosa ...
ui ui ...
ela nem falo !

Bj bj =*

Paulo R Diesel disse...

Amnésia alcoólica.
A gente só se lembra de beber novamente.
Beijo e boa recuperação.

Karina disse...

Afff, falar em espanhol é golpe baixo...Baixíssimo!!!
=*

Camila disse...

Ui... acho q meu figado teria morrido se eu misturasse isso tudo!
Amo vodka, mas não misturo nada! Se naum fico doidinha!.
Mas aqui... por mais alucinada q tenha esta conversa eu adorei! Achei tão bacana...
=)
Beijo

Desarranjo Sintético disse...

Ahhahah! Você parece muito previsível as vezes, cuidado para não se magoar...bom, duvido que você cumpra o tal acordo, como todo mundo normalmente faz, eheheh, só tente não misturar tanta coisa...rsrs...
Yo no hablo nada! Lamento!
Mas grandes coisa tb, me cago en lo leche quente de su mama...para isso...

Bjoks! Valeu a visita!

Super Nada disse...

Porra, eu sempre aprendo alguma coisa quando eu venho aqui e leio um post tipo esse...

LindaRê disse...

Ah, o DG está ganhando espaço... to sentindo.

Bjs~!

Salve Jorge disse...

Sem errar
Claro
Você consegue
Não arregue
Siga seu faro
Ou talvez melhor não
Se não vai recomeçar
O turbilhão
Tanto senão
Melhor deixar
Buscar algo mais caro
Algum ser mais raro
Nada disso que está à mão
Algo além
Tipo supersônico
Não qualquer palhaço cômico
Nesse colorido mundo daltônico
Que seja mais alguém
E caia bem
Num diálogo irônico...

BetA disse...

Agora eu entendi pq vc disse que tinha abandonado isso aqui...
Com uma experiência dessa quase que fica et mesmo sem voltar pra casa!eheheh

A mocidade é algo belo mesmo.Que caricatura!

***

Janete Andrade disse...

vc não lembra de nada depois de um porre? o.O
caramba só eu q lembro? ;X
num posso nem dizer q vou beber pra esquecer pq num consigo... :@@
e por mais q eu tente afogar minhas mágoas não consigo mais... acho q as desgraçadas aprenderam a nadar! medalha de ouro pra elas! ;Y'
mas uma coisa certa qdo tô bêbada 'falo' em outros idiomas, saio misturando duas palavriinhas em espanhol com uma frase em inglês, uma coisinha em francês... sem noção! :w

=*

Camila Colossi disse...

eita e se eu fosse vc paravaa dee bebeer
e acredite eu até hoje nuncaa bebii ahahuahauah



;*

Adriano DiCarvalho disse...

Algo (você) me diz que o DG está mais perto do seu coraçãozinho do que parece realmente... rs

Sorte Toop! Toda sorte!

BJS.

Gabriela Melo disse...

aiaiaiaiai minha nossa

vai pra frente essa 'españolissidade' toda??

torcendo viu...
adoro histórias de romances em príncipio..
bjO

matheuss disse...

simplesmente adoro tuas alucinações.

Mary West disse...

Hahahaha o que o alcool naum faz minha gente! E essa dos problemas com salva vida eu hei de usar de agora em diante \o/

Krika disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Krika disse...

Ei Toop!

Que saudade desse cantinho. Ri demais com suas histórias... Estava assim também um tempo atrás, mas tive que dar um brecada pq meu fígado ainda não é total flex, rs. AmOOO esse filme que vc colocou a foto!!!

Beijão!;)

Talles Borges e Borges Moreira disse...

Haha adorei o texto
Muito bom
AMei a junção de dois idiomas
Adoro fazer isso tb
Haha
Bjaum te espero no meu!

Maria Fernanda disse...

Essa conversa deu um nó na minha cabeça.

Bill Falcão disse...

Isso é que é um porre!!
Avise quando o fígado melhorar!!
Bjoooo!!!

Lexotan disse...

P.S.: Eu te amo!

Nathália disse...

Cara... Adoro espanhol.
E tava afim de ficar bêbada³, mas a situação monetária me impede.

Universitária fudida... Num posso com isso.

:*

Oliver Pickwick disse...

Se me hace un poco raro estar en este sitio a leer un post de Toop, donde hay referencias a Moloko, Vodka, Cerveja, y ninguna a el hada verde. Buena chica! Es mejor hacer frente a esa otra hada, la Sininho. ;)
Depois de dois meses ausente da blogosfera, é bom "vê-la" outra vez neste mini-conto a la encontros e desencontros.
Continuo fã e freguês do seu estilo calculadamente deprê novaiorquino. ;)
Um beijo!

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Minha querida TOOP, desejo-te muita coragem para esse momento dificil.

Beijo meu,

A Elite