sábado, 1 de setembro de 2007

Medo dos fantasmas da minha voz.


Eu prometi muitas coisas para mim mesma...mas sei que não vou cumprir com nenhuma. É um prazer pessoal, perder até para mim mesma. Perdedora de sí própria.
.....
"Vejo televisão com uma imagem desfocada, olho para direita...vejo o meu quadro. Me lembro daquelas promessas que fazemos para nós mesmos....
essas malditas promessas.
.....
Prometo, Prometo, Prometo, Prometo, Prometo, Prometo, Prometo, Prometo, Prometo, Prometo, Prometo, Prometo, Prometo, Prometo, Prometo, Prometo, Prometo, Prometo, Prometo, Prometo, Prometo...Prometer mais nada!!!!
....
"o amor q me tinhas...era pouco e se acabou"
....
hum...sei muito bem como você está menina, eu estava assim antes. Destruída por dentro, mas como não tinha nada q eu pudesse fazer eu seguia em frente...pois afinal oque não t
em remédio...
e creio q ser triste não resolve muito.
.....
sin tu amor

yo sé que el mundo
no es un buen lugar
sin tu amor,
me ire
al lado de la
soledad
por tu amor,
se bien
que nada puede
hacerme mal
por tu amor,
yo se
que existe el tiempo
y la piedad
sin tu amor,
me hallé
en un desierto
de verdad
....
............
aproveitando o bom español!!!!!!!
........
eu Prometi que vai ser diferente agora...ela diz que estou sendo mais uma tola e que vai ser tarde... Mas Cãmi....ei não consigoooooooooo!!!!! E não vai ser fácil....



Um comentário:

Jéssica Rose disse...

¬¬¬Diga ao menos o que foii
e se eu faltei em te explicar....
diz que agente sempre foiii
um par..¬¬¬¬