quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

Rascunho na madrugada


Tenho me perguntado por quanto tempo vou adiar toda a minha vida.
Tenho vivido dias absorta á musicas, novas bandas, blogs, msns e tudo o mais que envolve informática e uma porta do quarto bem fechada.

Meus problemas já ultrapassaram o portão, domaram os cães... estão chegando bem perto.

*Adiando

_
Ontem durante o banho, tentava imaginar um mundo perfeito onde eu seria feliz sem nenhuma complicação e magoa. No mesmo instante ouvi a voz dele conversando com a minha mãe.
*O sonho acabou. Coloco meu rosto em direção da água e começo a aspirar água....
Segundos de água no pulmão e minhas memórias se afogando junto a mim.
(desisto e começo a tossir água e sangue).
*Batidas desesperadas:
-Môr!!!!
-Filha!!!!
-Esquece... to viva. Me esquece.

2 comentários:

Sorbato disse...

vou fzer teu mundo perfeito, tá?

Lana disse...

sou tua amiga.
sou tua irmã.
palavras sempre são pouco.
não consolam.
mas sabemos que podemos mudar tudo.
e mesmo sabendo, não fazemos.