quarta-feira, 12 de março de 2008

Jack



E talvez você estranhe ao me ouvir
Não costumo me comunicar assim
Mas preste atenção quando a chuva cair
Você vai me ver...

Este, é o primeiro dia do resto da minha vida. Dia nublado, de céu triste em que solitárias gotas caem em minha face. Penso na possibilidade de falar a sua língua, de lhe fazer entender o que por vezes escapa a sua percepção. Divagar sobre letras já conhecidas, musicas já familiares para mim e muito escutadas por ele. Alguém me acompanha nesta hora de pensamentos soltos, amores complicados e pensamentos esperançosos?

Sei que isso não vai funcionar
Mas não durmo sem tentar
Falar tudo o que eu tenho pra dizer

Temperamental? É, eu sou temperamental, complicada, confusa estranha e algumas vezes impulsiva demais. Você sempre soube isso, sempre joguei limpo com você, sempre lhe disse que eu não era boa coisa e que por mais que eu não quisesse... deveríamos ser SEMPRE bons amigos. Ou minto?

É o que você nunca viu
É o que ninguém jamais sentiu
E que eu não vou dizer jamais
Pode vir correndo pra me ver
Enquanto eu estou aqui
Estou sem respirar...
Volte a ser o meu ar

O tempo passou e nós conseguimos complicar as coisas ainda mais, não que sempre fosse fácil conversar com você, nem que fosse tão complicado assim... sempre foi especial. Mas as coisas mudaram um pouco, você sempre foi o mais querido, algumas vezes também o mais amado. Mas eu sempre fui durona com você para lhe deixar claro os limites, esclarecer os parâmetros e desfazer os equívocos.

O que você disser não vai convencer
O errado é que sou eu
O culpado de tudo
E o amor que era meu
Ficou só como escudo

Mas a estação está mudando, as coisas (como eu disse) estão diferentes e o meu humor já lhe faz mal. Meus “solavancos” de humor estão confundindo tudo, estão lhe deixando triste e me fazendo mal. É, estão me fazendo mal. Nunca fui chegada a conceitos de caráter e conduta, mas com você... sempre quero ser uma pessoa melhor. E... não conseguir ser a pessoa legal que você merece ter como amiga, me faz muito mal.

E eu não sei se o que vi
Foi a cara da tristeza, mas
Eu sei, não é assim
Não foi bom e nem ruim
Eu tinha medo de sentir saudade de você
E de algum dia conseguir enteder por quê

Desculpe por ser eu mesma tantas vezes por dia, por ser a pessoa que algumas vezes lhe deixa triste e por não conseguir ser tão legal. Mas, eu gosto tanto de você que chega a ser difícil dizer como mudou a minha vida em tão pouco tempo. O meu sonhador titã, capaz de transformar todos os meus rascunhos em arte final.

*Letras: Fresno

5 comentários:

Krika disse...

"Quod me nutrit, me destruit."

Acredito que seja a frase da minha vida, rs. Ela é uma das tatuagens que a Angelina Jolie tem espalhadas pelo corpo. Esta frase possui muitas interpretações e é exatamente por isso que a torna tão legal.

"...Desculpe por ser eu mesma tantas vezes por dia..."
A D O R E I!

Beijo!

Yo me voy, Maria... ;)

Krika disse...

Ah! Esqueci de comentar que adorei suas escolhas em seu perfil...
:]

Sorbato disse...

tão certa e tão errada
em nenhum instante me fizeste mal, meu sentimento o fez...
mas ainda assim melhor do que todo marasmo de minha vida'nterior...
eu jamais mudaria nada
mentira, seria mais compreensivo, mais quieto, mais doce...
mas eu não sou perfeito
estou me convencendo a desistir de ser...
me ajuda?

pimentinhabm disse...

legal o significado da tatto!
sera q mulheres tem varias personalidade?

Nathalia Ramirez disse...

:)