domingo, 9 de março de 2008

Punk



Já fazia algum tempo que não saia para ceninha underground daqui. Claro, eu tinha alguns motivos para me ausentar do circuito alternativo, estranho, esquisito e hilário que existe por aqui. E também, o fato de eu namorar com um rapaz hiper ciumento também ajudou muito para o meu chá de sumiço. Mas... o namoro acabou e restou apenas aquela velha imagem de pessoa conhecida de todos no alternativo, usemos então a imagem para diversão (minha e dos outros).

...
-hahahahaha... Eu sei como é isso! Namorei quatro anos com um Headbeanger de carteirinha!
-Mas tipo, Headbeanger mesmo? Incluindo o sadomasoquismo?
-Bah! Nem me fala! Teve a vez que...
Eu parei no meio da frase e olhei bem para cara do rapaz que estava na minha frente, um menino. Gente eu juro! Baby punk! Era mais alto que eu, com uns lindos olhos cinzentos e uma carinha de propaganda de talquinho para bebe! Mas fora de cogitação tchurminha, fora da real!

Ele chegou para conversar comigo perguntando da onde que nos conhecíamos, poxa... que sem graça essa aproximação. No começo ele mal me conhecia e depois, disse que adorava uma camiseta dos Beatles que eu tenho. ALOOOOOOO? Mal se lembrava de mim, e agora até sabia os detalhes das minhas ropitchas? *para o mundo que eu quero descer.

Nisso... chega um amigo e me abraça e olha para a cara do menino:
-que isso Baby??? Que carinha é essa de apaixonado? Ta com um olhar de gato de botas meu filho! Aconteceu alguma coisa? Meu Deus!!!! Não me diz que essa cara é por causa da Toop?
Eu parto em minha defesa:
-Que isso Jesus? Pedofilia é crime neste país!!!!

Tchurminha! Vejam só, descobrimos depois que nós temos camisetas dos Simpsons, eu da Meg e ele do Romer. Pai e filha. Eu em um momento de estupidez:
-Que legal! Imagina se um dia da a o coincidência de virmos com as camisetas? Seria legal tirar sarro disso! Pai e filha!
-É né... pena que você não ter a da Marge, poderíamos ser marido e mulher... mas mesmo assim ainda rola uma química,
GEZUYZ!!! Perda total para criança!

...

Quando meus amigos sugeriram irmos embora ele não falou nada, só segurou a minha mão:
-Agora que eu sei onde você mora (momento de estupidez 2: quando eu disse o meu endereço). Eu posso ir te visitar quando você quiser.
Eu me aproximo daqueles olhinhos cinzentos e digo em meio a um sorriso:
-Você realmente acha que seria legal?
*diga que não, diga que não!
-Sim. Seria muito legal.
-Então ta... tchau.

Vou me distanciando e soltando a minha mão da dele, tipo, cena de filme onde a mocinha vai embora e deixa o grande amor. Coloco finalmente as mãos no bolso e vou indo, quando ouço:
-Toop... Até logo.

...
E é isso aí pessoal! Maternal da Toop, inscrições abertas até o dia de São Nunca.
Tratar no fone: ME-FERREI-DE-NOVO! Código de área: LOSER.

14 comentários:

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Nao conheco pessoalmente ninguem de nenhum movimento punk, mas me faz pensar nos meninos de Tokyo Hotel (pelo look somente)

e algo que me fez pensar: incrivel quanto uma pessoa pode mudar enquanto esta namorando... :)

Beijo meu, e bom domingo!

A Elite

O Profeta disse...

Passou o dia sobre as cidades
Esquecido por esta estação
Uma flor deposita no vento uma semente
Este ribeiro leva consigo a ilusão

Secretamente a terra a recolhe
Guarda-a da voragem do vento
Espera que água a fecunde
Explode a vida a cada momento



Bom domingo


Mágico beijo

Geminiana Doce disse...

"Era mais alto que eu, com uns lindos olhos cinzentos e uma carinha de propaganda de talquinho para bebe!"
Adorei esse trecho...rsrs
Não se feche as oportunidades,de onde menos esperamos sai o melhor!!rsrs
Falo com conhecimento de causa!
Bjos e luz....Uma linda semana e adorooo suas visitas!

sorbato disse...

todo mundo todo mundo todo mundo




um dia eu?

Oliver Pickwick disse...

Ora, querida Toop, a persistência é uma importante virtude, portanto, deveria cogitar numa oportunidade para o cara. Quem sabe, vocês não se encontram com as camisas dos Simpsons - pai e filha, e não rola algo mais audacioso? Como um incesto de camisas.
Beijos, menina precoce!

Nathalia Ramirez disse...

:)

Diva disse...

Hehehe... interessante.
Bjs meus

Salve Jorge disse...

Baby punk
Bye
But wait - he said - I want, so much, to love somebody
Oh fuck.. i'm not yet drunk, dear.. so clear the way and go be yourself
This is myself - said the gray eyes
Shit.. a punk with diapers...

Lexotan disse...

é. acontece nas melhores cenas
uashduiahduisahduisahuihdui


mas se valer a pena, aproveite.
és de onde?

Lily disse...

bom... esse tipo de pessoa eu geralmente só encaro nos momentos de extrema bebedeira/carência/não tô fazendo nada... hahahaaha

boa sorte aí com os alternativos! heheheeh

bjksss

forever disse...

que bonitinho,
adorei o post,,,
beijos

duarte disse...

Ah minha amiga Toop, que importa a idade! O que importa é que as consciências e os desejos combinem!

Seja uma boa tia de maternal hein!!!

Lorita disse...

Eu jah peguei quiancinhas, sao taaaaaaaao carinhosos... mas cansa com o passar do tempo! rs...

bjm

Carol disse...

haeuihoiauehae, gostei do telefone.

A diferença de idade é tão grande assim?
Porque as vezes, tem gente mais nova que barra muito marmanjão na hora dos papos cabeças. ^^

É sempre bom analisar com cuidado essas coisas que parecem sem noção demais. rs

A galerinha do movimento rock aqui, é massa. xD

Boa semana moça, beijos.