sábado, 28 de julho de 2007

Antes do domingo





Não compreendo muito bem este significado místico nos sábados. Sábado é o dia em que me sinto mais sozinha no mundo, o dia em que vejo as pessoas mais alegres e meu reflexo mais triste. Creio que seja a falta de sentido na minha vida... Tenho vivido os dias sem motivo, muito menos com emoção. E todas estas conclusões eu tiro aos sábados... Malditos sábados. Nestes dias vejo que realmete eu sou a errada em toda a história, sabe, a história toda...Todas as pessoas crescem & bebem & casam & são felizes para sempre & blábláblá...Mas esta definição rustica de vida não cabe para mim, pareço um tanto criança para tudo isto, para toda esta "vida". Mas é no sábado que sinto mais... São nos sábados que afogo meus amores em copos e corpos desconhecidos...São nos sábados que minhas lágrimas veem a luz...Sempre nos sábados atormento meus amigos, para não atormentar a mim mesma.... E porque é antes do domingo que sofro mais, neste dia fatidigo sinto saudade de quem não deveria. Que lembro minhas crueldades e vejo minhas cicatrizes... Posso sair e beber como gente grande, mas a criança que ainda sou não consegue entender muita coisa. Ela ve pessoas sorrindo..mas sabe que cada uma guarda uma dor. Ela não entende. Ela nunca entenderá. Nunca compreenderei como os grandes amores nascem, muito menos como eles morrem...Perco meu sábado pensando no que é felicidade...mas só consigo perceber...que realmente sou a errada em toda esta Estória...e que provavelmente sempre serei.

2 comentários:

Lanna disse...

O sábado...ele tem ainda um poder maior, vc chega lá com suas expectativas infantis, e ele te dá uma rasteira, e aí vc lembra como ficar em casa teria sido uma opção bem melhor...

Jéssica Rose disse...

se vc sair na sexta, sábado
parecerá domingo,
daí tu vai ter dois domingos e nenhum sábado...
Ou talves sábado fique com cara de sábado e domingo pareça sábado...
daí vc terá dois sábados...
xiii daí fudeu