sábado, 12 de abril de 2008

Deu a louca Cupido.



É... o mundo está de ponta cabeça.

Não sei se é porque eu deixei de namorar (depois de quase meia década de namoro-óóóó!!!!), mas o fato é que mais do que de repente todos... mas TODOS os meus amigos estão namorando. E pior! Alguns estão á beira do altar!
Mas que puxa!
Acho que passei muito tempo absorta em meu ultimo relacionamento, cega e desligada sobre tudo o mais que acontecia pelo mundo sem que eu soubesse... ou pelo menos sem perceber as mudanças (já tão explícitas) em meus amigos.
Mas que puxa!

Melhores amigas? Namorando. E uma delas até noiva ta! Meu irmão? Namorando. Aquele maldito rapaz que vivia se gabando de ser um excêntrico solteiro convicto, se entregou ao amor por sua moçoila. Bibita? Namorando. Seu namorado Bilso sofre nas mãos da sádica lunática. A Nerd dos Infernos? Namorando. E o pior é que ela nunca namorou na vida (em seus plenos 22 anos), e agora fica esfregando o fato na minha franja (pois eu me recuso a dizer que tenho fuça) dizendo: “não posso... meu namorado é ciumento!”. Mas droga! Só perguntei se ia descer no xérox ô gnominho de satã!
Mas que puxa!

E pasmem vocês! Até (ênfase ao “até”) o meu ex-namorado está de caso com a menina professora. (Não tentem compreender o “menina professora”, pois nem eu entendi ainda o por que comecei chamá-la assim). Pois é... agora me perguntem só vocês:
-e a história da carta?
-Da Clementine e do Joel?

É... não entendo mais nada! E não faço questão nenhuma de entender.
Mas que puxa!

Só repetindo para fixar:

-Deu a louca no cupido! Que saiu todo maldoso, malvado e maroto atirando suas flechinhas nos cofrinhos de meio mundo (ou será um mundo e meio?), e me deixou aqui... sentada diante da janela junto com o Gato Félix cutucando o vidro e dizendo repetidamente:
-Ei... ei... tem alguém aí?



•Cheguei hoje em casa, meia-noite, cansada e estressada e vejo uma sacola encima da cama, vou correndo e me atiro para vê-la:
-oba! Presente, presente,presente,preeeeeseeeeeeeeente!

Abro a sacola e vejo o meu filhote lá dentro! O Gato Félix!!!!
Cabeça começa a funcionar:
A+B= Joel na cabeça!

Pergunto para mamis e ela confirma que Joel esteve por aqui, FUTRICANDOOOO, nas minhas coisas (é... ela ainda deixa!).

E agora... diante do meu novo filho só penso:
-Larguei pra cobras!!!

13 comentários:

Kijar disse...

See Please Here

Bill disse...

Chegamos ao Cólica Mental quase ao mesmo tempo e vim dar um passeio ao luar! Uau, quanta Lua! Adoro luas e o sonhador senhor De La Mancha hehe!!
Notícias da Lua? Come on, baby!!!
Sonhe com estrelas!
Meu bjoooooooooo!!!

Anna Clara disse...

meia década de namoro?

honey, você é dura na queda!

Super Nada disse...

Bom... como esse é o primeiro post seu que eu leio, admito que não entendi metade do montante, mas se continuar vindo aqui, pode até ser que eu passe a entender melhor...
O cupido também ta longe de mim, mas agora nem to ligando mais, antes tava incucado. Não liga para essas coisas não, com o tempo vem alguém e oculpa seu coração...

Super Nada disse...

Esqueci de dizer que vou deixar seu blog na lista dos blogs indicados lá no meu...

pimentinhabm disse...

ta vou cumprir o desafio entaum
bjus

Gabrielle disse...

Namoro é uma das coisas mais complicaaaaadas que tem! Sério. No meu primeiro mês de namoro eu vivia me perguntando: puxa, será que termino? Será que eu gosto realmente dele a ponto de namorá-lo? E os milhões de caras interessantes, que-nunca-me-davam-bola-e-agora-me-dão-bola, e eu - maldita! - estou namorando? Que eu faço, céus, que faço eu? Foi bem assim.
Hoje eu tenho uma ponta de certeza que gosto dele. Mas se daqui algum tempo nosso namoro acabar, paciência. E olha, eu já tive minha melhor amiga namoando por dois anos, e foi beeem chato. O bom é chamar as amigas solteiras para, sei lá, caçar (ahahahahaha). Brincadeira, viu?

Gostei daqui! Pretendo voltar mais vezes ;D Obrigado pela visita no meu blog. Beijo grande!

Krika disse...

(risos!) Também me encontro na mesma situação. Depois de um namoro de quase 6 anos, hoje vivo minha vidinha de solteira (até que não é de todo mal, mas as vezes dá vontade de ter alguém ao lado). Quando encontro minhas velhas amigas os assuntos sempre são os mesmos: quem casou, quem teve filho, quem morreu. Ô vida! rs. Bonito presente ;)

Beijão!*

Lih disse...

ah, somos duas então, toop.
eu tb não estou mais namorando. :/
hohoho

vários rolos.
aliás, relacionamentos em geral são deveras complicados, viu!
blé!

bjãoo

Super Nada disse...

Olha... eu ouvia Sepultura quando tinha 10 aninhos. Minhas raizes são bem menos profundas, mas não tenho preconceitos contra emo, se foi o que pareceu...

Lorita disse...

Ai ai, sei como vc sente, minhas melhores amigas casaram-se e eu fiquei sendo A SOLTEIRA! Uma merda isso viu?

Bjm

mary ienke disse...

menina, mas com essa carinha já foi meia década é???

Bjo;*

Mary West disse...

Ai ando super amargurada e desistindo do amor. Nada sei mais. Vou soh sentar esperar cair no meu colo ;)